Category 6

Deputado Rogério Cafeteira falou na AL sobre as irregularidades na obra do Hospital Regional de Rosário

Na foto o deputado estadual Rogério Cafeteira (PSC)
 
 Assecom/ Dep. Rogério Cafeteira


O deputado e líder do governo na Assembleia Legislativa, Rogério Cafeteira (PSC), usou seu tempo no plenário nesta terça-feira (30), para tratar sobre o caso da Pastoral Carcerária e destacar as irregularidades no processo licitatório da construção do hospital de Rosário.
  
Rogério iniciou seu discurso mencionado a posição do governo quanto à nota emitida pela Pastoral Carcerária. “O Governo do Maranhão informa que a nota é absurdamente inverídica, pois jamais o governador do Estado afirmou que o sistema penitenciário estava perfeito e isento de problemas, tampouco se “descontrolou”. Frise-se que a reunião encontra-se gravada e terminou com uma festiva foto, com todos os participantes. O governador do Estado apenas respondeu a uma equivocada afirmação de que o sistema penitenciário “piorou” neste ano de 2015. Ao fazê-lo, resumiu os avanços e anunciou as medidas que serão adotadas para continuar melhorando. Lembramos que, neste ano, houve uma redução de 61% no número de fugas e de 63% no número de mortes, e nenhuma rebelião em Pedrinhas” disse o deputado.

O parlamentar lamentou a forma como a oposição vem tratando o assunto e conduzindo para um viés político ao colocar o governador Flávio Dino (PCdoB) contra a Igreja Católica. “Não é porque se trata de um padre, ou um religioso que haverá isenção de críticas. Todos estamos sujeitos a questionamentos, pois vivemos num Estado Democrático”, ressaltou.

Sobre o hospital de Rosário, o líder do governo disse tratar de um assunto extremamente sério e enfatizou a necessidade de que o debate seja aprofundado.  Rogério lembrou que auditoria aponta graves irregularidades, além de pagamentos ilegais. Segundo ele, para a construção do hospital de 50 leitos foram pagos 4,2 milhões de reais, no entanto, efetivamente, só foram medidos R$ 591.074,00.

“E aqui é importante que se ressalte esse tipo de procedimento que aconteceu, e que não é o único infelizmente, foi no montante de mais de 240 milhões de reais pagos no fim do governo de forma irregular, sem a devida autorização do BNDES. Esses pagamentos, essas irregularidades causaram a paralisação, até pouco tempo, de todas as obras feitas com recursos do BNDES. É importante que se frise esse tipo de irregularidade causou um prejuízo gigantesco não só à população, como às empresas que ficaram sem a possibilidade de receber, pois o banco cobrava do Estado 243 bilhões de pagamentos indevidos. Então, eu espero que as comissões e os deputados da Casa participem mais ativamente e que a gente possa ter o esclarecimento devido”, concluiu.


Veja também:

Auditória da Transparência confirma desvio de recurso na obra do hospital "fantasma" em Rosário

Imagem do Dia: Governador lamenta a confirmação do desvio do recursos de obra em Rosário

Deputado Levi Pontes destaca auditoria que confirmou um hospital "fantasma” em Rosário

Share on Google Plus

About Renato Waquim (Rosário Notícias)

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

1 comentários:

  1. O pior que esse hospital começou no governo passado que sempre teve o apoio de irlahi, além de todos saberem q a construção de um novo hospital não ser uma boa pra ela que tem uma clínica e recebe os valores da saúde assim e muito bom, vamos acordar gente.

    ResponderExcluir

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.