Blogue de notícias com a credibilidade que você merece!

Caema deve regularizar serviço em Humberto de Campos

Nelma Sarney não acatou os argumentos da defesa
Nelma Sarney não acatou os argumentos da defesa


A Companhia de Saneamento Ambiental (Caema) tem o prazo de 30 dias para prestar serviço de abastecimento de água amplo e ininterrupto que atenda a população de Humberto de Campos, sob pena de multa diária de R$ 2 mil. A determinação é da 2ª Câmara Cível do TJMA, que negou recurso da empresa contra decisão do juiz de Humberto de Campos, Lúcio Paulo Fernandes Soares.
O Ministério Público Estadual ajuizou ação civil pública contra a Caema, afirmando que boa parte do município estaria sem fornecimento regular de água, que não estaria recebendo tratamento prévio. Acusou a empresa de não fazer investimentos mínimos necessários a atender requisitos básicos de qualquer serviço público, como regularidade, eficiência, segurança, generalidade e tarifas acessíveis.
A Companhia recorreu da decisão de base, alegando que a ordem implicaria em grandes dispêndios de recursos pelo prazo limitado e realização de obras e reparos nas redes, causando enormes prejuízos à empresa, que já estaria sendo sacrificada.
A relatora do recurso, desembargadora Nelma Sarney, não acatou os argumentos da defesa, ressaltando que o serviço prestado pela Caema é indispensável ao atendimento das necessidades inadiáveis da população, devendo ser fornecido de forma ininterrupta e em condições mínimas de higiene e salubridade. “Pela própria natureza do serviço presume-se o decréscimo ou ausência de qualidade de vida”, disse a relatora.
A Companhia tem ainda 60 dias para adotar padrões de higiene e segurança adequados ao consumo humano, segundo portaria do Ministério da Saúde.

asscom@tjma.jus.br
(98) 3198-4370

Share on Google Plus

About Renato Viana Waquim

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.