Facebook

Gadgets

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Pressionada pelos prefeitos a Petrobras assina convênio com o Senai para qualificar 600 pessoas em Rosário, Santa Rita e Bacabeira para a Refinaria Premium I

Renato Viana Waquim     janeiro 13, 2012  5 Comentários

Senai vai capacitar 600 pessoas em Rosário, Santa Rita e Bacabeira
para a Refinaria Premium I
Agora vai!

Depois de muita pressão dos prefeitos Marconi Bimba (Rosário), Venancinho (Bacabeira) e Hilton Gonçalo (Santa Rita),   acorreu  na Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema) na última quarta-feira (11) a Petrobras e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) assinaram convênio no valor total de R$ 726.704,00 para a qualificação de mão de obra local na área de construção civil a ser absorvida pela Refinaria Premium I,, que está sendo construída na Região que engloba os municípios de Bacabeira, Rosário e Santa Rita, a 60 km de São Luís. A Capacitação profissional que deverá começar em Fevereiro vai oferecer  uma bolsa de estudos mensal para cada um no valor de R$ 300,00 pagas pelo Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp) e as inscrições terão início este mês nos municípios no entorno da Refinaria; interessados terão de passar por seleção.

O prefeito Marconi Bimba (Rosário) esteve no evento para garantir
que dessa vez as vagas fossem repartidas igualmente 
O convênio prevê a qualificação de 600 pessoas residentes no entorno da refinaria, sendo 200 em Bacabeira, 200 em Santa Rita e outras 200 em Rosário. Essa demanda de mão de obra foi identificada pela Petrobras para que no futuro possa ser aproveitada nas obras de construção civil.

Segundo o gerente-geral de implantação da Refinaria Premium I, Fernando Martinez, as pessoas que serão capacitadas pelo Senai deverão ser absorvidas a partir de Julho, após o encerramento do período chuvoso, quando serão retomadas as obras do empreendimento.

Fernando Martinez informou que neste momento houve uma redução de empregados no canteiro das obras de terraplenagem da refinaria em função da proximidade das chuvas. Mas que a partir de Julho entre 3 mil e 3,5 mil trabalhadores deverão retomar os serviços.

Apesar da redução no ritmo das obras deste mês até Junho, em decorrência do período de inverno, a Petrobras manterá trabalhadores no canteiro de obras da refinaria para serviços de manutenção e obras de arte (construção de pequenas pontes).

O executivo da Petrobras disse que até o fim deste ano devem ser encerradas as obras de terraplenagem. No início de 2013, estão previstos os serviços de construção civil propriamente ditos, a exemplo das obras de fundação, além da montagem eletromecânica do empreendimento. "Já estamos adquirindo os equipamentos", adiantou Fernando Martinez.




Maior Projeto. 

A Refinaria Premium I, em Bacabeira, Rosário e Santa Rita, de R$ 40 bilhões, é o maior projeto nessa área na América Latina. Representa 40% dos investimentos totais de RS 100 bilhões previstos para o Maranhão nos próximos cinco anos.

A primeira fase da refinaria deverá entrar em operação em 2016, com capacidade inicial para produzir 300 mil barris/dia de derivados de petróleo. Na segunda fase, prevista para 2019, a capacidade total do empreendimento saltará para 600 mil barris/dia.

A Premium I, que será a maior refinaria do Brasil e a quinta do mundo, vai gerar durante a fase de construção 132 mil empregos diretos, indiretos e por efeito renda. O empreendimento, que já está mudando a economia de Bacabeira, Rosário, Santa Rita e circunvizinhos, vai produzir óleo diesel, coque, querosene de aviação (QAV), nafta petroquímica, gás liquefeito de petróleo (GLP) e bunker.



Da Capacitação.

A capacitação das 600 pessoas em Bacabeira, Rosário e Santa Rita, prevista no convênio assinado entre a Petrobras e o Senai atendendo a pressão dos três prefeitos do entorno da  obra, deve sair do papel no fim de Fevereiro, com a formação das turmas. As inscrições devem começar ainda este mês, nos próprios municípios. Os interessados terão que passar por um processo seletivo para garantir vaga nos cursos de qualificação.

Segundo o convênio, serão ofertados cursos de qualificação em construção civil nas áreas de armador de ferragens (seis turmas), carpinteiro de formas (12 turmas) e pedreiro de alvenaria/estucador (12 turmas). O ciclo total de capacitação deve ser concluído entre sete e oito meses.

O valor de R$ 726.704,00 que será aplicado pela Petrobras, além de garantir os cursos, será empregado na mobilização, inscrição e seleção dos candidatos e também na aquisição de fardamentos para os alunos.

O gerente de Relacionamento Industrial da Petrobras, Michel Fabianski Campos, informou que as 600 pessoas que serão qualificadas na área de construção civil receberão bolsa mensal no valor de R$ 300,00 cada uma, pagas pelo Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp).

Michel Fabianski Campos informou que até 2020 o Prominp deve qualificar mais de 345 mil pessoas em todo o país e que o Maranhão será beneficiado com a capacitação de mão de obra para a Refinaria Premium I..

O primeiro vice-presidente da Fiema, Luís Fernando Renner, destacou a parceria firmada com a Petrobras. "Que esta seja a primeira de muitas que deveremos firmar com o objetivo de qualificar mão de obra local", disse.

Também presente ao ato de assinatura do convênio, o secretário de Estado de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Maurício Macedo, frisou o fato de o convênio garantir a capacitação de pessoas que residem no entorno do projeto para que possam ter a oportunidade de ocupar os postos de trabalho que estão sendo gerados pelo empreendimento.

O coordenador do Programa Maranhão Profissional, Fernando Lima, ressaltou que a capacitação assegurada ontem entre a Petrobras e o Senai é mais um passo importante no processo de formação de mão de obra para os grandes investimentos em instalação no estado.

Ele afirmou que o Programa Maranhão Profissional, lançado pelo Governo do Estado, vem trabalhando com os parceiros (universidades, Sistema S) para que a meta de capacitar 100 mil pessoas por ano seja cumprida.


Números:

R$ 726,7 Mil é o valor do convênio firmado ontem entre Petrobras e Senai;
600 Pessoas serão capacitadas nas áreas de construção civil em três municípios do entorno da Refinaria;
200 Pessoas serão capacitadas no município de Bacabeira;
200 É o número de pessoas que serão qualificadas na área de construção civil em Rosário;
200 Vagas de capacitação serão oferecidas para a população de Santa Rita.

, , , ,

5 comentários :

  1. Já reparam que todo evento Bimba só usa essa camisa aqui da foto? Hihihihihi

    ResponderExcluir
  2. Na verdade isso é muito pouco Petrobras diante dos impactos socioambientais que estão provocando aqui em nossa região!!

    ResponderExcluir
  3. Isso que deram aos prefeitos foram apenas umas esmolas para se livrar deles. 200 vagas é muito pouco para quem vai empregar milhares de fora outra vez.

    ResponderExcluir
  4. Essa quantidade de vagas é um piada para uma cidade polo como Rosário.

    ResponderExcluir
  5. Aqui em Santa Rita ele só aparece nos eventos com essa camisa ROSA hahahahaha

    ResponderExcluir

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Recent comments

Social

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo