Facebook

Gadgets

terça-feira, 30 de junho de 2015

Deputado Rogério Cafeteira falou na AL sobre as irregularidades na obra do Hospital Regional de Rosário

Renato Waquim (Rosário Notícias)     junho 30, 2015  1 Comentários

Na foto o deputado estadual Rogério Cafeteira (PSC)
 
 Assecom/ Dep. Rogério Cafeteira


O deputado e líder do governo na Assembleia Legislativa, Rogério Cafeteira (PSC), usou seu tempo no plenário nesta terça-feira (30), para tratar sobre o caso da Pastoral Carcerária e destacar as irregularidades no processo licitatório da construção do hospital de Rosário.
  
Rogério iniciou seu discurso mencionado a posição do governo quanto à nota emitida pela Pastoral Carcerária. “O Governo do Maranhão informa que a nota é absurdamente inverídica, pois jamais o governador do Estado afirmou que o sistema penitenciário estava perfeito e isento de problemas, tampouco se “descontrolou”. Frise-se que a reunião encontra-se gravada e terminou com uma festiva foto, com todos os participantes. O governador do Estado apenas respondeu a uma equivocada afirmação de que o sistema penitenciário “piorou” neste ano de 2015. Ao fazê-lo, resumiu os avanços e anunciou as medidas que serão adotadas para continuar melhorando. Lembramos que, neste ano, houve uma redução de 61% no número de fugas e de 63% no número de mortes, e nenhuma rebelião em Pedrinhas” disse o deputado.

O parlamentar lamentou a forma como a oposição vem tratando o assunto e conduzindo para um viés político ao colocar o governador Flávio Dino (PCdoB) contra a Igreja Católica. “Não é porque se trata de um padre, ou um religioso que haverá isenção de críticas. Todos estamos sujeitos a questionamentos, pois vivemos num Estado Democrático”, ressaltou.

Sobre o hospital de Rosário, o líder do governo disse tratar de um assunto extremamente sério e enfatizou a necessidade de que o debate seja aprofundado.  Rogério lembrou que auditoria aponta graves irregularidades, além de pagamentos ilegais. Segundo ele, para a construção do hospital de 50 leitos foram pagos 4,2 milhões de reais, no entanto, efetivamente, só foram medidos R$ 591.074,00.

“E aqui é importante que se ressalte esse tipo de procedimento que aconteceu, e que não é o único infelizmente, foi no montante de mais de 240 milhões de reais pagos no fim do governo de forma irregular, sem a devida autorização do BNDES. Esses pagamentos, essas irregularidades causaram a paralisação, até pouco tempo, de todas as obras feitas com recursos do BNDES. É importante que se frise esse tipo de irregularidade causou um prejuízo gigantesco não só à população, como às empresas que ficaram sem a possibilidade de receber, pois o banco cobrava do Estado 243 bilhões de pagamentos indevidos. Então, eu espero que as comissões e os deputados da Casa participem mais ativamente e que a gente possa ter o esclarecimento devido”, concluiu.


Veja também:

Auditória da Transparência confirma desvio de recurso na obra do hospital "fantasma" em Rosário

Imagem do Dia: Governador lamenta a confirmação do desvio do recursos de obra em Rosário

Deputado Levi Pontes destaca auditoria que confirmou um hospital "fantasma” em Rosário

, , , , ,

Um comentário :

  1. O pior que esse hospital começou no governo passado que sempre teve o apoio de irlahi, além de todos saberem q a construção de um novo hospital não ser uma boa pra ela que tem uma clínica e recebe os valores da saúde assim e muito bom, vamos acordar gente.

    ResponderExcluir

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Recent comments

Social

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo