Facebook

terça-feira, 3 de setembro de 2013

"Roseana quer colocar Penitenciária porque Rosário é órfão de representatividade", diz Necó

Renato Viana Waquim     setembro 03, 2013  7 Comentários

Rosário (MA) - Já visando a inclusão rosariense na região metropolitana de São Luís, nenhum projeto do Governo do Estado do Maranhão para Rosário é tão prioritário para a governadora Roseana Sarney (PMDB) e base aliada quanto a construção de uma Penitenciária, chamada de CCPJ (Central de Custódia de Presos de Justiça) de Rosário a ser implantada no Centro do município, no terreno do antigo prédio da Delegacia Regional de Rosário, onde abrigava a Polícia Civil. Na sessão da noite de segunda-feira (02), o vereador Pedrosa Filho (Necó) sugeriu, através de uma indicação, a realização de uma audiência pública para tentar impedir a chegada desse “presente de grego”.

Para isso, o parlamentar busca reunir representantes do governo do Estado, o poder executivo municipal, promotoria, o presidente da comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa e secretário de Segurança Pública do Estado do Maranhão, mas destacou que precisa do apoio da população rosariense, antes que seja tarde de mais.


Polêmica -  Outro ponto que chamou à atenção no discurso do parlamentar do PSB, foi quando disse que a instalação da CCPJ estaria acontecendo porque o município de Rosário está órfão de representatividade nas outras esferas, após o período comandado pelas lideranças rosarienses como Ivar Saldanha e Orlando Aquino, por isso, fez questão de destacar que atualmente nenhum deputado/afins ou candidato se importa com a cidade. Nem mesmo os deputados (Roberto Costa e Lourival Mendes da PEC-37) aliados da prefeita foram citados como exceção. “Nenhum deles tem emenda parlamentar e compromisso com o município de Rosário, nenhum, só com as lideranças”, disse. 

Confira no áudio do momento em que o vereador Necó “desceu a ripa” e deixou claro que Rosário precisa de um representante, mais precisamente de um deputado compromissado:




Confira o texto da justificativa da indicação:
O objetivo é sensibilizar as autoridades constituídas no Estado do Maranhão para evitar instalação desta equivocada C.C.P.J, em nossa cidade, visto que de acordo com a declaração do Juiz do conselho nacional de justiça, Eder Jorge, que inspecionando as unidades de São Luís, dentre elas a casa de detenção (CADET), centro de detenção provisória (CDP), casa de custodia de presos de justiça (CCPJ), o presidio de pedrinhas em São Luís, além do centro de reeducação e inserção de mulheres apenadas ( CRISMA).

O resultado da inspeção consta no relatório que o juiz encaminhou ao CNJ e aos órgãos dos poderes executivo e judiciário, solicitando providências a respeito da situação carcerária no Estado e segundo magistrado Eder Jorge, se encontra entre as piores do Brasil.

Lamentável, é difícil descrever as palavras o que se passa no interior das carceragens em nosso Estado. Durante mais de vinte anos de regime militar no país, muita gente foi presa, torturada, morta em nome da ordem política e social. Assim em nome dessa questionável ordem, imperou a era do “prendo e arrebento” ditada pelo general Figueiredo, quando primeiro se fazia isto, para depois se arranjar uma justificativa. A ideia de que o direito social pode atropelar a dignidade do indivíduo foi o que sustentou todos esses anos de regime militar. Esse direitos fundamentais não podem ser violados.

É inaceitável este deposito de homens em Rosário, sem nenhuma atividade produtiva, dispostos a todo tipo de violência, doenças, tais como: hanseníases, tuberculose, hepatite e doenças sexualmente transmissíveis, sem a garantia de nenhum de seus direitos constitucionais. Como esperar que esses homens cumpram suas penas e possam ás suas atividades assim que saírem. Isto posto, torna-se imperioso informar que aludido projeto trata-se de intervenção sobre o poder local, visto que, não houve consulta popular para discutir amplamente os pontos positivos e negativos desta CCPJ, que viola gravemente a autonomia municipal consagrada nos exatos e preciso termos dos artigos 1º, 18º e 30º, da constituição da república, não havendo, portanto, argumentos que justifique a sistemática equivocada do governo do Estado do Maranhão em instalar supracitados empreendimento.


, , ,

7 comentários :

  1. ela pode até inaugurar essa penintenciaria mais vai levar chupa de laranja na inauguração

    ResponderExcluir
  2. venha ser feliz então com um candidato a deputado da terra, vote em calvet filho o menino que vai derruba as raposas em rosário em 2014

    ResponderExcluir
  3. Nem ela e nem o aluisio secretário vão ter coragem de vim inaugurar vão botar pra funcionar na marra e a sarneyzada ta pouco se lichando pra Rosário mais a resposta a gente vai dar pra eles ano que vem

    ResponderExcluir
  4. Já ía esquecendo.... Parabérns Necó!!! Voce acabou foi falando a verdade nua e crua

    ResponderExcluir
  5. aí quando é ano que vem ta pedindo voto pra os candidatos do clã Sarney

    ResponderExcluir
  6. dessa vez vou ter que concordar com Necó

    ResponderExcluir
  7. Rosário vai servir pra isso quando chegar na Grande São Luís, de deposito de lixo e de antro pra vagabundos e ladrões. Agora só queria uma coisa, que quando inaugurasse esse aterro de lixo botasse uma parte da família da prefeita lá e a outra parte quando essa penitenciaria começasse a funcionar, pois lugar de gente porca e corrupta é no lixo ou na cadeia.

    ResponderExcluir

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Compartilhar

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo