Facebook

Gadgets

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Professores fazem ato de protesto durante a parada nacional

Renato Viana Waquim     abril 25, 2013  Sem Comentários

Além de Rosário, foram realizados atos com o SISMURB em Presidente Juscelino e Bacabeira.


No último dia 23 (Terça), os professores do município de Rosário (a 60km da capital maranhense) com apoio do Sindicato Intermunicipal dos Servidores Públicos Municipais (SISMURB), realizaram na Praça Governador Benedito Leite, um ato de protesto em adesão a paralisação nacional da categoria.
A principal reivindicação dos profissionais é o cumprimento da Lei do Piso Nacional dos Professores da Rede Pública. Pela norma vigente, o piso salarial nacional do magistério da educação básica é R$ 1.567 e deve ser pago em forma de vencimento inicial. Além disso, a categoria pede a aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE), que direciona as políticas para a área nos próximos dez anos, a destinação de 100% dos royalties do Pré-sal para o setor e a definição de diretrizes nacionais de carreira para os profissionais da educação básica.

 Os professores fazem também pedidos de reajuste salarial específicos em cada estado. No Maranhão a greve dos professores estaduais coincide com a paralisação nacional da categoria que deve durar três dias (23, 24 e 25 de abril), período em que acontece a Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública. A paralisação é feita por todos os professores da rede pública municipal e estadual, enquanto a greve por tempo indeterminado, somente pelos professores da rede estadual do Maranhão.



VEJA A LISTA DE REIVINDICAÇÕES DOS PROFESSORES DO MARANHÃO:



• Estatuto do Educador Negociado e Consensuado, incluindo professores, especialistas e funcionários de escola; 
• Imediata efetivação de 25 mil progressões, 1.500 promoções e 1.500 titulações; 
• Eleição direta para diretor de escola; 
• Correção do Piso Salarial aplicado linearmente na Nova Tabela Salarial; 
• Ampliação do ProFuncionário; 
• Gratificação de 30% para quem concluiu  o ProFuncionário; 
• Cumprimento integral da jornada extraclasse de 1/3; 
• Nomeação dos excedentes do concurso de 2009; 
• Realização de concurso público amplo com vagas 
suficientes para contemplar a necessidade de professores, 
especialistas e funcionários de escola; 
• Equiparação salarial entre efetivos e contratados; 
• Melhores condições de trabalho 

,

0 comentários :

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Recent comments

Social

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo