Facebook

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

"Enxurrada" de dinheiro falso em Rosário e Bacabeira chega até aos caixas eletrônicos do Banco do Brasil

Renato Viana Waquim     dezembro 14, 2010  3 Comentários


Por Renato Waquim

Rapaz o negócio está é brabo nas cidades de Rosário, Bacabeira e região. Os bandidos estão despejando uma grande quantidade de dinheiro falso no comércio. Nas lojas, supermercados, farmácias, bancas, clubes de festas e outros lugares o estrago tem sido grande. No Centro de Rosário um vendedor de balinhas entrou pelo cano. O coitado vendeu umas balinhas e passou o troco de uma cédula de 50 Reais. Imaginem quantos bombons ele terá que vender para recuperar o que perdeu para esse malfazejo. Situação parecida aconteceu semana passada com comerciantes em Periz de Baixo (Bacabeira) e está acontecendo com algumas pessoas que quem sacam dinheiro no Banco do Brasil de Rosário, principalmente nos caixas eletrônicos.

Até este blogueiro foi vítima dessa circulação de cédulas falsas, em Rosário outro dia quando fui todo alegre em um caixa eletrônico do Banco do Brasil sacar um dinheiro referente aos meus lucros com os "Anúncios Google" pelo Serviço Adcense no blog Rosário Notícias. Em seguida fui a uma farmácia e para minha surpresa ao efetuar as compras, passei por constrangimento porque, ao tentar pagar a conta com umas das notas de 10 reais, foi comunicado pelo caixa, perante os outros clientes, sobre a falsidade do dinheiro, tendo quase que devolver as mercadorias até apresentar uma nova cédula original.

Segundo a Delegacial Regional de Rosário a maioria das cédulas falsas são de 10 Reais, justamente para não despertar muita desconfiança por parte de quem será enganado. Mas há cédulas de 50 e até de 2 Reais. Os malfeitores procuram deixar as cédulas preferencialmente nos locais de maior movimento e em locais com pouca iluminação.

Para evitar um prejuízo maior, alguns comerciantes estão cada vez mais atentos com algumas técnicas de identificação, o chato é o constragimento depois quem não sabe que está sendo vítima dessa circulação.


Entenda porque o Banco do Brasil está errado neste caso.

O caixa eletrônico é um “plus a mais”, ou seja, um serviço que os bancos oferecem a seus clientes. Da mesma forma que um banco é obrigado a conferir a autenticidade dos documentos de um correntista, está da mesma forma, obrigado a emitir cédulas a seus clientes, após prévia análise de sua veracidade. A título de exemplo, em Santa Catarina já vigora desde o ano de 2004 a conhecida Lei do “Olho Mágico”. Segundo a nova lei os bancos são obrigados a conferir a autenticidade das notas que vão abastecer os caixas eletrônicos através do conhecido “Olho Mágico”.

Por outro lado, o Código do Consumidor fala no dever do fornecedor de oferecer ao consumidor, serviço com segurança. Não esquecendo que o ônus da prova é do fornecedor. Em outras palavras, ele o banco, é que deverá provar que não emitiu o dinheiro falso. mas se tratando do Branco do Brasil de Rosário, é melhor esquecer.

, , ,

3 comentários :

  1. Não é só no Banco do Brasil o Bradesco também estar com cédulas falças ate eu fui vetima.

    Igor Anceles.

    ResponderExcluir
  2. Já ouvir falar que esse dinheiro falso é feito em Peri dde Cima por um filho de político lá de Bacabeira.

    ResponderExcluir
  3. Também fui vitima desse golpe, é brincadeira o que está acontecendo na região, tem uma casa da moeda em periz e o boato é que tem muitos políticos envolvidos nisso.

    ResponderExcluir

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Compartilhar

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo