Facebook YouTube Twitter RSS

Gadgets

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Plano para elevação da produção de frangos no Maranhão é apresentado a empresários

Renato Waquim (Rosário Notícias)     abril 07, 2016  Sem Comentários


Governador Flávio Dino, ao lado dos secretários Simplício Araújo (Seinc), Márcio Honaiser (Sagrima), do deputado Levi Pontes e de representantes do setor da Avicultura, durante a apresentação do plano para potencialização do setor no estado. Foto: Nael Reis/Secap
Governador Flávio Dino, ao lado dos secretários Simplício Araújo (Seinc), Márcio Honaiser (Sagrima), do deputado Levi Pontes e de representantes do setor da Avicultura, durante a apresentação do plano para potencialização do setor no estado. Foto: Nael Reis/Secap
Com a meta de elevar a produção de frangos no Maranhão até 2018, o Governo do Estado lançou o Plano de Industrialização da Avicultura. Em solenidade nesta terça-feira (5), no auditório do Palácio dos Leões, o governador Flávio Dino e o secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, apresentaram aos empresários do ramo e à instituições financeiras o projeto de estruturação e fomento da avicultura industrial no Estado.
O Plano de Industrialização da Avicultura do Maranhão é uma das ações do programa ‘Mais Avicultura’ e tem por objetivo fortalecer e expandir a cadeia produtiva no estado, elevando a produção de frangos de 3,5 milhões para 10,5 milhões de aves por mês até 2018.
De acordo com Flávio Dino, o Governo atendeu a demanda do setor privado para a constituição de uma nova lei de incentivos fiscais, normas e portarias para criação e industrialização de frangos no Maranhão. “Isso significa estímulo. E agora o setor privado anuncia a sua parte, que são investimentos previstos de 380 milhões até 2018, implicando a futura geração de empregos, chegando a cerca de 20 mil empregos diretos e outros tantos indiretos”, enfatizou o governador.
Ele explicou também que o Governo envida esforços para fortalecer as cadeias produtivas e fazer com que o Estado possa transpor esse momento de dificuldades que o país atravessa. “O mercado interno maranhense é abastecido apenas em 1/3 com a produção local. Nós podemos, portanto, vislumbrar um crescimento do setor para abastecer a demanda já existente da nossa população, assim como, naturalmente, comercializar com outros estados e com outros países”, ressaltou o governador, destacando as potencialidades do Porto do Itaqui para escoamento dessa produção.
Governador Flávio Dino, ao lado dos secretários Simplício Araújo (Seinc), Márcio Honaiser (Sagrima), do deputado Levi Pontes e de representantes do setor da Avicultura, durante a apresentação do plano para potencialização do setor no estado. Foto: Nael Reis/Secap
Governador Flávio Dino, ao lado dos secretários Simplício Araújo (Seinc), Márcio Honaiser (Sagrima), do deputado Levi Pontes e de representantes do setor da Avicultura, durante a apresentação do plano para potencialização do setor no estado. Foto: Nael Reis/Secap
O presidente da Associação de Avicultores do Maranhão, Augusto Monteiro, enfatizou que, pela primeira vez no estado, o setor está sendo apoiado pelo Governo. Ele relatou que esse suporte dá ânimo aos investimentos dos produtores, fato que pode ser evidenciado pelo crescimento do setor em 2015, 17% maior em relação ao ano anterior, enquanto que nacionalmente a elevação foi de 3,5%.
Para ele, a meta de elevar a produção até 2018 será alcançada graças aos apoios do Governo, o que representará um crescimento significativo no Maranhão. “Eu acho que o programa ‘Mais Avicultura’, juntamente com as portarias que estão sendo feitas pelo Governo, tem nos ajudado e são importantes para que o produtor se sinta confiante”, enfatizou.
Plano de Estruturação
O secretário Simplício Araújo fez uma apresentação aos empresários ligados ao setor sobre a elaboração e implementação do Plano de Estruturação e Fomento da Avicultura Industrial do Maranhão. Ele expôs a situação encontrada no início de 2015, os gargalos associados ao setor, demonstrou a situação atual das empresas e projetou os avanços que serão obtidos até 2018.
“Hoje nós estamos construindo uma proposta democrática, participativa entre o Governo e o segmento da iniciativa privada da Avicultura que proporcionará um crescimento de mais de 200% nos próximos anos aqui no Estado”, frisou o secretário.
Simplício Araújo realçou que não existia, por parte do Governo anterior, uma simbiose com o segmento produtivo privado. E, esse investimento de R$ 380 milhões de investimentos até 2018, vai garantir o incremento de 7 milhões de aves mês na produção local, fomento à estruturação de uma rede de abatedouros, abertura de novos mercados, rodadas de negócios junto aos segmentos atacadistas e varejistas e estruturação de rotas de exportação.


Governador Flávio Dino, ao lado dos secretários Simplício Araújo (Seinc), Márcio Honaiser (Sagrima), do deputado Levi Pontes e de representantes do setor da Avicultura, durante a apresentação do plano para potencialização do setor no estado. Foto: Nael Reis/Secap
Governador Flávio Dino, ao lado dos secretários Simplício Araújo (Seinc), Márcio Honaiser (Sagrima), do deputado Levi Pontes e de representantes do setor da Avicultura, durante a apresentação do plano para potencialização do setor no estado. Foto: Nael Reis/Secap

, , ,

0 comentários :

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Recent comments

Social

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo