Facebook

Gadgets

sábado, 26 de março de 2016

Rosário: Delegados falam do caso de pai acusado de estuprar filha; Delegada esclarece versão da mãe

Renato Waquim (Rosário Notícias)     março 26, 2016  10 Comentários




Como é de conhecimento geral, a Polícia Civil do Maranhão, através da Superintendência de Polícia Civil do Interior e por intermédio da Delegacia Regional de Rosário-MA, em ação conjunta com a Delegacia Especial da Mulher, prendeu, na manhã da última terça-feira (22), Ismael Rodrigues Pestana, de 31 anos, suspeito de cometer estupro contra sua própria filha menor de dez anos.

De acordo com as investigações, Ismael já vinha cometendo o crime há um bom tempo, porém, na última sexta-feira (18), o Conselho Tutelar recebeu denúncia de que o acusado teria novamente cometido o crime, chegando a dilacerar as partes íntimas da criança.

O suspeito foi apresentado na Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) em São Luís, com a presença do Superintendente Dicival Gonçalves; Delegado da Regional de Rosário, Guilherme Campelo e delegada da DEM da mesma cidade, Natália Porpino.

Em entrevista publicada no site da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), a prisão foi comentada pelos delegados de Rosário, onde a delegada esclareceu a versão da mãe da criança. Confira:

Delegados de Rosário: Nátália e Guilherme de Rosário; e Dicival que é superintendente da Polícia Civil do Interior  


Segundo o delegado Guilherme, a prisão do suspeito só foi possível após um mandado de prisão expedido pela comarca de Rosário e uma eficiente atuação da Delegacia Especial da Mulher que, logo após ter conhecimento do crime bárbaro, deu concurso à prisão.

A reportagem da ASCOM SSP/MA conversou com a delegada Natália Porpino, que informou ter tomado conhecimento, através de denúncia do Conselho Tutelar, de que uma criança estava internada no hospital de Rosário, vítima de estupro, e defecava pela vagina.

Natália disse que ao ouvir o relato se deslocou ao hospital tomando o depoimento da criança que contou com detalhes como ocorreu o estupro praticado por seu próprio pai. Logo após o depoimento da vítima, Natália conversou com a mãe da criança, tendo essa falado que acreditava no que a sua filha tinha falado, mas não queria que seu marido fosse preso, pois ele é quem sustentava a casa e ela gostava mais do marido que das próprias filhas.

Diante dos fatos, a delegada Natália enviou à Justiça um pedido de prisão temporária do acusado, sendo atendida de pronto pela juíza daquela comarca. O mandado de prisão foi enviado ao delegado regional Guilherme Pacheco, para que ele e sua equipe de policias efetivassem a prisão do acusado e sua remoção para São Luís.

Para o superintendente de Polícia Civil do Interior, Dicival Gonçalves, foi mais uma ação da SPCI através do eficiente trabalho do delegado da Regional Guilherme Pacheco e da delegada especial da Mulher Natália Porpino, que investigaram e prenderam o acusado. Falou que “Este é um crime hediondo, inaceitável pela sociedade, devido sua gravidade, onde um pai, em atitude monstruosa, estuprou a filha de forma tão brutal, dilacerando suas partes íntimas. A Polícia Civil do Maranhão entrou em campo dando uma resposta a sociedade, prendendo esse monstro para que ele pague, conforme a lei, por este monstruoso crime que cometeu contra sua filha menor de dez anos”.

“Ouvimos o acusado, Ismael Rodrigues Pestana que, embora tenha confessado o crime em interrogatório feito pela delegada Natália, quando perguntamos a ele sobre a autoria do estupro negou, dizendo que só teria confessado o crime na delegacia por estar nervoso, mas que em momento algum o praticou e nem sabe quem teria praticado o estupro contra a sua filha.

Ismael Rodrigues foi encaminhado ao Centro de Triagem de Pedrinhas, onde deve aguardar as decisões da justiça. Em relação a vítima, a delegada Natália informou que foi encaminhada a um hospital da capital onde irá se submeter a procedimento cirúrgico especializado.


Com informações da SSP-MA.


Veja também:




, ,

10 comentários :

  1. Então essa mãe é pior que o pai

    ResponderExcluir
  2. Parabéns aos delegados em especialmente a delegada Natália que vem fazendo um excelente trabalho em defesa das Mulheres de nossa cidade, não somente neste caso mas em diversos casos muita das meses tendo que tomar decisões por conta própria para garantir os direitos das Mulheres e no mês que se comemora o Dia Internacional da Mulher aproveito pra pedir aos nobres vereadores que façam uma moção de aplausos a delega da Mulher de Rosário e que o trabalho dela seja mais valorizado para que sirva de norte a todas mulheres que sofrem algum tipo de violência desses monstros que não podem ser chamados de homens.

    ResponderExcluir
  3. A mãe tem que responder por saber e não fazer nada pra impedir

    ResponderExcluir
  4. E tem gente que acha que isso só acontece na novela da Globo "Totalmente de Mais". Infelizmente é uma prática muito comum e são poucos os casos que chegam ao conhecimento das autoridades policiais. Parabéns delegada Natália por agir brilhantemente, o povo de Rosário tem orgulho de ter uma guerreira que apesar de ser jovem mostra maturidade em suas ações e investigações.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Conselho Tutelar e principalmente a delegada que foi atrás investigou e tomou uma atitude como deve ser. E que esse caso sirva de exemplo pra esses monstros que se dizem pais que abusam ou deixam seus filhos serem abusados. Parabéns Natália! Reuna todas as provas pra esse monstro ficar um bom tempo e não tenha dó dessa monstra que se diz mãe.

    ResponderExcluir
  6. isso nao é mãe é um monstro

    ResponderExcluir
  7. Parabéns delegada, excelente trabalho, as pessoas do bem agradecem.

    ResponderExcluir
  8. Os dois tem que ir pra cadeia pai e mãe tambêm.

    ResponderExcluir

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Recent comments

Social

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo