Facebook

Gadgets

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Flávio Dino anuncia projeto pedagógico e arquitetônico do Instituto Estadual do Maranhão (IEMA)

Renato Waquim (Rosário Notícias)     junho 18, 2015  Sem Comentários

Governador Flávio Dino anuncia projeto pedagógico e arquitetônico do Iema durante Seminário de Educação Profissional. Foto: Ascom/Secti
Governador Flávio Dino anuncia projeto pedagógico e arquitetônico do Iema durante Seminário de Educação Profissional. Foto: Ascom/Secti
O governador Flávio Dino anunciou o projeto pedagógico e arquitetônico do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) durante o Seminário de Educação Profissional, nesta quinta-feira (18). Os Institutos foram criados pelo governador com o objetivo de oferecer educação profissional de qualidade aos jovens maranhenses.
Acreditar na juventude, na educação, cultura, lazer e esporte é o caminho real de superação da violência encontrado pelo governador Flávio Dino e proferido durante a abertura do Seminário de Educação Profissional e Tecnológica.  “Estamos fazendo com o Instituto Estadual de Educação a exata dimensão de que é esse o caminho a ser percorrido para oferecer novas oportunidades de estudo e de trabalho aos jovens maranhenses”, afirmou o governador.
O projeto pedagógico e arquitetônico do IEMA foi apresentado pelo secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré. “Nunca no estado do Maranhão houve um programa de Educação Profissional e Tecnológica para os jovens. É a primeira vez que o nosso estado terá um Instituto voltado exclusivamente para a Educação, Ciência e Tecnologia em diferentes municípios do Maranhão”, disse o secretário Bira.
A instalação do Instituto prevê a oferta de ensino profissional e tecnológico de nível médio e superior em todas as modalidades. Serão investidos mais de R$ 240 milhões em obras e adaptações de prédios que abrigarão as 23 unidades construídas até 2018. Os Institutos terão unidades físicas presenciais, Centros Vocacionais Tecnológicos e Plataforma de Ensino à Distância.
A construção participativa do IEMA prevê audiências públicas e outros espaços de debate com a sociedade civil. Assim, serão respeitadas as características locais e regionais dos municípios que receberão o Instituto. Uma equipe técnica, formada por engenheiros e arquitetos é responsável por visitar e aprovar os terrenos doados pelas prefeituras. Já foram vistoriadas áreas em Carutapera, Chapadinha, Paço do Lumiar, São Vicente Ferrer e Vitória do Mearim. Outros terrenos foram indicados em Coroatá, Dom Pedro, Estreito, Matões, Presidente Dutra e São Mateus.
Participaram do Seminário de Educação Profissional e Tecnológica os secretários Marcelo Tavares (Casa Civil), Bira do Pindaré (Ciência e Tecnologia), Jhonatan Almada (Ciência e Tecnologia),Tatiana Pereira (Juventude), Felipe de Holanda (IMESC); Davi Telles, presidente da CAEMA; Gustavo Costa, reitor da UEMA; Alex Oliveira, diretor da FAPEMA; secretária municipal Tati Lima (Informação e Tecnologia); Marlon Botão, presidente da FUNC; vereadores, prefeitos, pesquisadores e estudantes.
Iema em ação
O Colégio Marcelino Champagnat, antigo Marista, se prepara para sediar o Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia em São Luís. Este ano, a escola já está ofertando o ensino integrado com dois cursos na área de informática – de programação e de manutenção e suporte. As seis turmas somam 145 alunos.

O Instituto está atuando, também, na modalidade à distância, com os cursos de Auxiliar Administrativo e Auxiliar em Marketing e Vendas, que fazem parte da Formação Inicial Continuada (FIC). Estudantes de 13 municípios estão recebendo as qualificações, que acontecem nos Centros de Capacitação Técnica (CCT’s).


, ,

0 comentários :

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Recent comments

Social

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo