Facebook

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Comissão discute sobre a duplicação da BR-135 com superintendente do DNIT

Renato Waquim (Rosário Notícias)     maio 27, 2015  Sem Comentários

 Por Marcelo Vieira / Agência Assembleia


As obras do primeiro trecho da duplicação da BR-135 deverão ser concluídas até o início do ano que vem. Foi o que garantiu o superintendente do DNIT no Maranhão, Gerardo Fernandes, durante reunião da Comissão de Obras e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa, realizada na sala das comissões na tarde desta terça-feira (26). Convocada pelo deputado Eduardo Braide (PMN), a reunião teve como objetivo entender os motivos que levaram o atraso e a paralisação das obras.  

Questionado pelos deputados sobre os motivos do atraso, o superintendente do órgão federal, explicou que o atraso nas obras ocorreu pela falta de maquinário e por conta do período chuvoso que dificultou os trabalhos na rodovia. Ele afirmou ainda que a demora na aprovação do orçamento do governo federal para 2015 também atrapalhou o andamento dos serviços.

O serviço de duplicação da BR-135 começou em 2012 e deve custar 400 milhões de reais. A primeira etapa das obras, que compreende o trecho que vai da Estiva até a cidade de Bacabeira, era pra ser entregue em setembro de 2014, mas estava praticamente parada. Segundo o DNIT alguns serviços já foram retornados agora no mês de maio.

O deputado Wellington do Curso (PPS) não ficou convencido com a informação repassada pelo superintendente Gerardo Fernandes de que as obras foram iniciadas com cerca de 100 trabalhadores. O parlamentar apresentou fotos que mostram um grupo de apenas 10 operários ao lado da ferrovia. Ele estuda criar uma comissão para verificar in loco se as obras foram de fato retomadas.   

Além do atraso, o deputado Hemetério Weba (PV) questionou o aumento de mais de 100 milhões no valor da obra, que saltou de 300 milhões para mais de 400 milhões. Uma das explicações foi a técnica de colunas de brita usada na compactação do solo para uma extensão tão grande como nessa obra. No Brasil não existe esse tipo de maquinário, tudo veio de fora e montado aqui.    

Um dos primeiros parlamentares a cobrar explicações sobre o atraso e paralisação das obras, Eduardo Braide, disse que a reunião ajudou a esclarecer as dúvidas e entender porque a duplicação da BR135 está atrasada. Mas adiantou que o parlamento vai cobrar do DNIT a continuação das obras.

Sousa Neto do PTN elogiou a postura do superintendente do DNIT que sempre esteve à disposição da Assembleia para prestar qualquer tipo de esclarecimento.  

Aos parlamentares, o superintendente Gerardo Fernandes informou ainda que as obras de duplicação da Br 135 está incluída entre as 28 obras prioritárias do governo federal para o ano de 2015, com recursos garantidos. 

Participaram da reunião, os deputados Eduardo Braide, Hemetério Weba, Wellington do Curso, Fernando Furtado, Levi Pontes e Sousa Neto.  

, ,

0 comentários :

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Compartilhar

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo