Facebook

Gadgets

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Eleições 2014: Saiba como justificar o voto

Renato Viana Waquim     outubro 01, 2014  Sem Comentários

Quem estará fora do seu domicílio eleitoral deverá justificar o voto eleições 2014, veja a seguir como fazer.

No caso de você querer e poder votar, mas está com sua 
situação eleitoral irregular deve regularizá-la até dia 7 de maio e para isso deve procurar a Justiça Eleitoral e regularizar a sua situação cadastral, tem inclusive nesta eleição fazer o cadastramento biométrico em algumas localidades. Para isso terá que fazer o agendamento em qualquer unidade da Justiça Eleitoral ou no seu cartório eleitoral (ver os endereços eleitorais no link http://www.tre-df.jus.br/eleitor/zonas-eleitorais).
No caso de quem precisa justificar o voto nas eleições 2014, se está no exterior deve comparecer ao pleito eleitoral e o eleitor deve preencher um formulário que está disponível na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com este documento preenchido, o documento deve ser entregue em qualquer órgão diplomático brasileiro, que encaminhará ao cartório eleitoral do exterior ou para o cartório da Zona Eleitoral. Mas, lembrando que, nesta eleição que teremos escolha para Presidente da República quem está no exterior poderá votar em Presidente da República votando na embaixada do Brasil, mas deverá justificar a ausência nas demais eleições.
No Brasil, quem precisa justificar o voto por estar fora do seu domicílio eleitoral pode fazer isso até 60 dias após o pleito eleitoral pelo site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A ausência a cada turno deve ser justificada individualmente. Também pode justificar o voto no dia do pleito levando seu título de eleitor e documento de identificação com foto e dirigir-se ao local de votação mais próximo e neste há um local especifico para as justificativas e lá preencher e entregar o respectivo formulário de justificativo devidamente preenchido.
Lembrando que quem não justificar seu voto tanto no dia da votação como nos 60 dias posteriores deverá como consequências: não poder participar de concurso público, prova cargo ou função pública; não poderá receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público; não poderá participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos Estados, dos Territórios, do Distrito Federal ou dos municípios; não poderá obter empréstimos nas autarquias, sociedades de economia mista, caixas econômicas federais ou estaduais, institutos, caixas de previdência social, bem como qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo; obter passaporte e carteira de identidade; não poderá renovar a matrícula em instituição de ensino público ou oficial ou fiscalizado pelo governo; não poderá obter certidão de quitação eleitoral. Por isso, fique atento a esta obrigação e não ter problemas futuros e ser for preciso não deixe de fazer a justificativa do voto nas eleições 2014.

, ,

0 comentários :

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Recent comments

Social

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo