Facebook

Gadgets

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

SEJAP leva ações assistenciais ao recém criado Presídio de Rosário

Renato Waquim (Rosário Notícias)     setembro 19, 2014  Sem Comentários

A nova penitenciária do Maranhão funciona provisoriamente no antigo prédio da Delegacia Regional de Rosário.
A Prefeitura de Rosário se comprometeu a disponibilizar um terreno para que o Governo do Estadual construa a sede definitiva.
A Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (SEJAP) deu início, no último final de semana, às atividades assistenciais de interiorização nas unidades prisionais do interior do Maranhão. O projeto, “Conhecimento estratégico - unidades do interior” oferecer ações sociais e de assistência aos detentos. O primeiro estabelecimento a ser contemplado foi a recém criada Penitenciária de Rosário, chamada de Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) do município de Rosário.

Coordenado pela Secretaria Adjunta de Justiça (SAJU), a ação inclui visitas a unidade, a fim de alinhar, com a direção, as políticas de reinserção social destinadas aos apenados. Os trabalhos ocorreram com atividades de acolhimento, por meio dos quais são realizadas entrevistas, apresentações pessoais, registros fotográficos da unidade. A proposta é fazer um diagnóstico de cada estabelecimento para que sejam desenvolvidas ações específicas para a população carcerária.

Na ocasião, ainda foi feita uma oficina de matriz swot e categorização, ou seja, um momento onde se faz um levantamento dos pontos fortes, fracos, as ameaças e oportunidades existentes nos trabalhos desenvolvidos naquela unidade prisional. Após o momento, houve uma roda de terapia comunitária com custodiados, com a intenção de promover uma reflexão a cerca da vivência dentro e fora do ambiente carcerário. Ao final, foi feita uma avaliação das atividades.

Para o superintendente de Justiça, André Barreto, a iniciativa amplia as bases para a integração das unidades do interior. Na avaliação dele, a ação vem consolidar a política de humanização nos estabelecimentos carcerários. “O projeto intensifica as bases de integração das unidades, visando à consolidação operacional, e desta forma, contribuir para o esforço de humanização e eficiência na reintegração social dos apenados”, afirmou.

Ao todo, cerca de 80 internos foram beneficiados com o projeto. O diretor da UPR de Rosário, Renato Barros, falou que a iniciativa contribui com a padronização das atividades de reinserção social. “Cada unidade do interior estava adotando sua política de ressocialização. Com a execução desse projeto, teremos uma padronização dos processos de humanização do sistema”, contou.

A ação vai se estender por todas as unidades prisionais do interior do Maranhão, de acordo com um planejamento da Superintendência de Justiça (SAJU), contemplando estabelecimentos penais em Paço do Lumiar, Timon, Caxias, Codó, Bacabal, Chapadinha, Viana, Santa Inês, Açailândia, Davinópolis e Balsas.

Segundo a terapeuta ocupacional, Helena Soeiro, a proposta é divulgar os trabalhos do Núcleo de Assistência Biopsicossocial (Nasb) e realizar atividades em grupo e individuais com os servidores e colaboradores. “O nosso foco é valorizar e motivar os servidores das unidades prisionais do interior e São Luís”.

 

, ,

0 comentários :

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Recent comments

Social

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo