Facebook

Gadgets

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Análise dos Fatos: A visita da Comissão de Saúde da Assembleia ao município de Rosário

Renato Viana Waquim     setembro 04, 2013  Sem Comentários



Os membros da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, deputadas Valéria Macedo (PDT) e Francisca Primo (PT), atendendo a uma solicitação da Câmara Municipal de Rosário, foram verificar in loco, nesta quarta-feira (3), a situação da saúde naquele município. Eliziane Gama (PPS), da Comissão de Direitos Humanos, também participou da visita, que culminará com a realização de uma audiência pública a ser agendada posteriormente.

As deputadas, acompanhadas do corpo técnico do legislativo estadual, incialmente participaram de reuniões com a prefeita Irlahi Moraes (PMDB), a secretária de Saúde Mauricéia Lopes, assessores, vereadores e membros do Conselho Municipal de Saúde, ocasião em que foi traçado o quadro caótico da saúde de Rosário que, segundo eles, não tem condições de oferecer um atendimento eficaz aos pacientes.

Em seguida, as parlamentares realizaram uma visita à Unidade Mista de Saúde de Rosário, a única estrutura da rede pública na cidade, que tem uma capacidade de atendimento reduzida e possui apenas 12 médicos. Além disso, a cidade possui duas clínicas que são conveniadas com o governo do Estado, mas no momento não estão prestando atendimento à população.  

A Unidade Mista conta com 20 leitos e chegou a atender uma média de 500 pessoas diariamente, contrariando a capacidade atual, que é de no máximo 200 pessoas/dia. Além disso, a unidade não dispõe de recursos financeiros e técnicos para garantir clínica médica e especializada, exames, laboratório, raio-X, ultrassonografia, endoscopia, atendimento de urgência e emergência, partos e também não está habilitada para realizar cirurgia eletivas.

A prefeita Irlahi Moraes disse que estava preocupada com a situação, uma vez que o município não dispõe de recursos financeiros para colocar a rede de saúde municipal em pleno funcionamento. “Não estamos satisfeitos com essa situação. O hospital está funcionando em condições precárias. Precisamos do apoio dos governos estadual e federal, porque somente dessa forma vamos conseguir melhorar a situação da saúde no nosso município”, afirmou.

O vereador Pedrosa Filho (PSB) disse que a Câmara Municipal está fazendo tudo o que pode para amenizar o sofrimento dos rosarienses. “Rosário está órfã de representantes no Estado. A prioridade aqui é a saúde, por isso pedimos a ajuda da Assembleia Legislativa no sentido de sensibilizar o governo do Estado, porque o nosso povo está carente de saúde”, declarou. Ele é o autor da proposição que pede à prefeita Irlahi e ao secretário de Saúde Ricardo Murad a adoção de providências no sentido de firmar parceria com o objetivo de viabilizar a transformação da Unidade Mista de Saúde de Rosário em hospital de referência.

O vereador disse que também solicitou ao ministro da Saúde Alexandre Padilha, em conjunto com a prefeita Irlahi, a inclusão da Unidade Mista no Programa de investimentos de infraestrutura daquele ministério, no que tange à reforma, ampliação e aquisição de equipamentos.

O presidente da Câmara Municipal de Rosário, Leandro Cavalcante (PTB) bem como os demais vereadores presentes à reunião, teceram críticas principalmente em relação às prioridades da administração municipal. “A prefeita está priorizando o asfaltamento das ruas ao invés da saúde. Falta um pouco de vontade para se resolver o problema”, lamentou Leandro Cavalcante.


VISITA POSITIVA

A visita à cidade de Rosário foi considerada positiva pelas deputadas Valéria Macedo, Francisca Primo e Eliziane Gama. Elas ficaram preocupadas com o que viram. Eliziane Gama disse que a Assembleia Legislativa pode ampliar o debate com a audiência pública para chamar a atenção do Estado no sentido de implantar mecanismos para amenizar o sofrimento da população local. “Nós vamos debater essa situação, mas vejo que aqui o problema maior está na gestão pública”, disse Eliziane Gama.

Valéria Macêdo declarou que a realização da audiência pública será fundamental para discutir o assunto e buscar uma solução para amenizar o sofrimento da população de Rosário. “A nossa visita serviu para conhecermos de perto a situação caótica da saúde em Rosário. Ficamos preocupadas com as informações que nos foram repassadas pela prefeita e pelos vereadores, por isso, vamos realizar uma audiência pública para discutir o problema com a presença de representante da Secretaria de Saúde do Estado. Esperamos dessa forma contribuir com a melhoria dos serviços de saúde pública aqui do município”, disse a parlamentar.

Nice Moraes / Agência Assembleia

,

0 comentários :

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Recent comments

Social

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo