Facebook

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Juíza de Rosário inspeciona delegacias da sede e do termo da Comarca

Renato Viana Waquim     maio 10, 2013  1 Comentários



Rosário (MA) - A titular da 1ª Vara da Comarca de Rosário, juíza Rosangela Prazeres, visitou, na manhã desta sexta-feira (10), as delegacias de Rosário (sede) e de Bacabeira (termo). Na ocasião, a magistrada, além de inspecionar as instalações, conversou individualmente com cada preso. O resultado das visitas subsidia relatório mensal a ser encaminhado ao Conselho Nacional de Justiça.
Segundo a juíza, “a delegacia de Bacabeira, sob a administração do delegado David Feller, conta atualmente com oito presos do sexo masculino e quatro do sexo feminino. Dentre eles, apenas seis respondem a processo na Comarca de Rosário. Os demais pertencem a outras jurisdições”.
Rosangela Prazeres informa ainda que a Delegacia Regional (Rosário), comandada pela delegada Regina de França Barros, “abriga um maior número de presos – 58 – devido ao fato da delegacia atender a toda a região do Munin, e da interdição, por ordem judiciais, de várias unidades”.
Ressocialização e humanização – Práticas voltadas à formação religiosa e à humanização dos presos são os objetivos de um trabalho desenvolvido em conjunto pela juíza e pela titular da delegacia. Entre as práticas, a leitura de artigos religiosos por voluntários que visitam semanalmente a Delegacia.
“Alguns projetos voltados à ressocialização de presos estão sendo discutidos com os delegados de Rosário e Bacabeira, vez que as duas Delegacias abrigam presos com sentença transitada em julgado que não puderam ser transferidos para outras unidades prisionais devido a insuficiência de vagas”, garante a juíza.
Nas palavras da magistrada, “a inspeção mensal é importante não somente para o preso que tem contato direto com o magistrado do processo a que está vinculado, mas também para rever a situação de cada um individualmente e a possibilidade de concessão de algum benefício porventura não requerido no processo, além de amenizar as situações de conflito que normalmente se instalam nessas unidades prisionais”.

Por Marta Barros / TJ-MA
Assessoria de Comunicação da CGJ
http://tjma.jus.br/ 
asscom_cgj@tjma.jus.br

, , ,

Um comentário :

  1. Oxi... pensei que a Excelentíssima Juíza ira dizer algo sobre: OS PRESOS TERÃO QUE DESOCUPAR AS CELAS DA DELEGACIA E IREM PARA UM PRESIDIO, ASSIM DEIXARIA A POLICIA CIVIL- MA TRABALHAR E PRESTAR UM MELHOR SERVIÇO AO ESTADO E EVITAVA DE COMETER UM CRIME DE USURPAÇÃO DE FUNÇÃO PUBLICA.

    ISSO A JUÍZA NEM COMENTOU... AFINAL ESSE ESTADO É O PRIMEIRO A DESCUMPRIR AS LEIS!!!

    ResponderExcluir

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Compartilhar

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo