Facebook

Gadgets

terça-feira, 7 de maio de 2013

Agora lascou! Prefeitura de Rosário quer buscar empréstimo junto ao Banco Mundial

Renato Viana Waquim     maio 07, 2013  7 Comentários


Sede do Banco Mundial em Washington DCEstados Unidos.



Rosário (MA) - O líder do governo na Câmara, o vereador Pedrosa Filho, mais conhecido como Necó (PSB), informou que a Prefeitura de Rosário-MA estuda a possibilidade de fazer um empréstimo milionário, junto ao BIRD (Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento) do Grupo Banco Mundial,  para realizar os sonhos da prefeita Irlahi Linhares (PMDB). A informação foi dada, na última Segunda-feira (06), durante a Sessão enquanto criticava a postura do governo estadual com a cidade. A notícia caiu como uma bomba na "casa do povo" e não demorou a receber duras criticas dos parlamentares. 

Entre elas, a do vereador Preto do Raça (PP): “para quem disse que iria comprar uma fábrica de asfalto, hoje pensar em pedir empréstimo, é porque a coisa está feia e mal administrada”, lembrou. 

Sandro Marinho (PSD) disse não entender como funciona essa administração, onde foi dito pelo líder do governo (Necó), a possibilidade da Prefeitura fazer um empréstimo para sanar os débitos do município, na oportunidade o vereador disse que “em empréstimos só existem duas alegrias: a primeira quando se recebe e a segunda quando se paga a última prestação”. 

Segundo Jardson Rocha (PP) será uma vergonha, pois já pesquisou e nenhum prefeito teria pago os empréstimos. Ele ainda chamou a prefeita de avarenta, "pelo simples fato de não está cumprindo com seus compromissos e promessas". 

Necó reagiu e garantiu que a prefeita Irlahi Linhares (PMDB) pagará o empréstimo caso seja pleiteado, mas lembrou de que antes terá que passar pela Câmara e que todos os pontos (entre eles: as parcelas, juros e o valor real) serão devidamente discutidos em momento oportuno. 



Mesmo sem aplicar corretamente as verbas da cidade,
ela teria garantido pagar o empréstimo

 O Grupo Banco Mundial, uma agência especializada independente do Sistema das Nações Unidas, é a maior fonte global de assistência para o desenvolvimento, proporcionando cerca de US$ 60 bilhões anuais em empréstimos e doações aos 187 países-membros.
O Banco (Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento – BIRD) atua como uma cooperativa de países, que disponibiliza seus recursos financeiros, o seu pessoal altamente treinado e a sua ampla base de conhecimentos para apoiar os esforços das nações em desenvolvimento para atingir um crescimento duradouro, sustentável e equitativo. O objetivo principal é a redução da pobreza e das desigualdades.


O trabalho do Banco em parceria com os países ressalta:
o   O investimento nas pessoas, especialmente por meio da saúde e da educação básicas;
o   A criação de um ambiente para o crescimento e a competitividade da economia;
o   A atenção ao meio ambiente;
o   O apoio ao desenvolvimento da iniciativa privada;
o   A capacitação dos governos para prestar serviços de qualidade com eficiência e transparência;
o   A promoção de um ambiente macroeconômico conducente a investimentos e a planejamento de longo prazo;
o   O investimento em desenvolvimento e inclusão social, governança e fortalecimento institucional como elementos essenciais para a redução da pobreza.

O Banco Mundial e o Brasil
O Banco Mundial é parceiro do Brasil há mais de 60 anos, e já apoiou o Governo brasileiro, estados e municípios em mais de 430 financiamentos, doações e garantias, que somam quase US$ 50 bilhões. Anualmente, são realizados em média US$ 3 bilhões em novos financiamentos, em áreas como gestão pública, infraestrutura, desenvolvimento urbano, educação, saúde e meio ambiente.
O apoio do Banco a esses projetos busca impulsionar o crescimento econômico e o desenvolvimento social, com redução da pobreza e da desigualdade. A parceria vai muito além do aspecto financeiro. O Banco traz conhecimento de ponta e experiência internacional para ajudar o País a lidar com as suas questões mais complexas e transformadoras, e também leva e adapta o conhecimento brasileiro a outros países.

O Banco Mundial em ação
O Banco Mundial é parceiro do Brasil em programas inovadores e de resultados como o Bolsa Família, responsável pela importante redução da desigualdade social no Brasil; o DST/Aids, que é referência internacional na luta contra a epidemia; os projetos comunitários de desenvolvimento rural, que beneficiam mais de 51% da população rural do Nordeste e hoje são replicados em todo o mundo; e o ARPA, que ajuda o Brasil a proteger a biodiversidade em grande parte da Amazônia.

, ,

7 comentários :

  1. Necó não venda sua alma,se tens um pingo de amor pela cidade então não apoie esse emprestimo por que o povo de Rosário vai ser contra essa imoralidade.

    O que vai acontecer é que a cidade vai quebrar e ela vai ser obrigada a introduzir impostos (IPTU,Tazas disso e daquilo e botar o SAAE pra arrochar) caso faça mesmo isso.

    ResponderExcluir
  2. Essa louca agora quer vender a cidade.

    ResponderExcluir
  3. Rosário rumo aos grandes investimentos internacionais.
    Agora vai ou racha. Te cuida China!

    ResponderExcluir
  4. Necó o mesmo que se vendeu pra Ivaldo e Bimba agora se vendeu pra Irlahi entroca de empregos e dinheiro pra finalizar sua mansão na Rua Frei Caetano do Barreiro. Na boa! Rosário já ta lascada, fazer emprestimo pra pagar os gastos de campanha não vai resolver nada. Vai ficar essa divida que vai inviabilizar a cidade, os próximos prefeitos vão ter que pagar e serão criados impostos pra fazer isso.

    ResponderExcluir
  5. Não a privatização de Rosário.

    ResponderExcluir
  6. E cadê o Ministro que iria trazer os recursos do Turismo e de outras pastas do governo federal?

    ResponderExcluir

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Recent comments

Social

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo