Facebook

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Hildo Rocha enxerga estragos na operação que apontou 41 políticos por suposto envolvimento com agiotagem

Renato Viana Waquim     abril 26, 2013  Sem Comentários


hildo-rocha
Secretário de Articulação Política e das Cidades, Hildo Rocha
O secretário de Articulação Política e das Cidades, Hildo Rocha, disse hoje ao Blog do Luís Cardoso que a grande maioria dos municípios elencada pela Polícia Civil como envolvida na agiotagem comandada por Gláucio Alencar e o pai Miranda Alencar, dois dos principais acusados pela morte do jornalista Décio Sá, não tem tem participação no caso.
Para Rocha, as investigações precisam ser melhor aprofundadas e esclarecidas para evitar injustiças. Ele citou diversos exemplos de cidades e gestores citados como envolvidos no esquema de agiotagem patrocinados pelos Alencar.
Em Vargem Grande, por exemplo, segundo o secretário, o prefeito Miguel Fernandes, quando se elegeu em 2008, recebeu um carro de som para fazer a festa a mando do sr. Miranda Alencar. Meses depois, ele apareceu no município pedindo para fornecer a merenda escolar, com o que não concordou o prefeito. Então o agiota pediu a quantia de R$ 50 mil pelo aluguel do carro.
O prefeito pagou para a empresa do agiota de forma parcelada, apenas o R$ 50 mil, e não concordou em fazer qualquer tipo de negócios com as empresas do pai ou do filho.
Em Cantanhede, onde o prefeito Cabão é adversário político de Hildo Rocha, o secretário reconheceu que Gláucio Alencar nunca fez negócios com aquele prefeitura, e o que houve foi um principio de contrato logo encerrado.
Como maior articulador político do Palácio dos Leões, Hildo Rocha considera a divulgação dos nomes de gestores e ex-gestores, além das prefeituras, precipitada, tendo em vista que não há inquérito concluído. Ele entende que o estrago pode atingira, agora, as bases aliadas do Governo, que se acham ressentidas com o que consideram superexposição e humilhação.
soliney2355
Prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva
Hildo Rocha disso que os que realmente estiverem, ou que do esquema de agiotagem participaram, devem ser punidos na forma da lei, mas aconselha que a prudência deve reinar acima de interesses.
A base dos 41 prefeitos e ex-prefeitos citados pelo Sistema Mirante de Comunicação, embora não confirmados pela Polícia Civil, 35 são da base aliada do Palácio dos Leões, e boa parte começou a contestar, judicialmente, a inclusão de seus nomes no esquema do agiota Gláucio Alencar.
Hoje, o prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva, enviou uma carta ao secretário de Segurança pedindo esclarecimento sobre o envolvimento da prefeitura que administra, e acredita que, se houve participação com a agiotagem, deve ter sido em administrações anteriores.
Abaixo a carta de Soliney Silva para Aluísio Mendes:
Soliney Silva solicitou esclarecimentos ao secretário Aluísio Mendes
Soliney Silva solicitou esclarecimentos ao secretário Aluísio Mendes


0 comentários :

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Compartilhar

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo