Facebook

Gadgets

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Euvaldo de Jesus apresenta balanço de sua passagem pela pasta da Cultura em Rosário

Renato Viana Waquim     abril 26, 2013  5 Comentários


Euvaldo de Jesus Pereira
               FIZEMOS, MAS, MUITO HÁ QUE FAZER

Ao ser convidado em meados de 2009 para assessorar o então secretário de cultura Sr. Francimar Oliveira (Preto), sentir-me honrado, pois, a cultura popular rosariense é infinitamente rica e diversa e, encarei com mais um desafio em minha vida, de cara recebemos o convite para participarmos juntamente com os municípios da região do munim da I mostra de turismo do maranhão, nos preparamos, fomos e fizemos tão bonito que ganhamos todos os prêmios num concurso de stand mais representativo. Concurso este realizado pela revista Cazumbá especialista em turismo. No mesmo ano fomos ao IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Maranhão) com três pleitos: Solicitação do tombamento federal do Forte do Calvário, Mapeamento cultural do município e revitalização do complexo ferroviário de Rosário. Na oportunidade fomos prontamente atendidos pela Superintendente Sr.ª  Kátia Bogéa. O projeto da revitalização do complexo ficou pronto e está para execução, o mapeamento cultural está em fase de finalização de pesquisa e sua entrega ao município está prevista para fevereiro e o tombamento federal já está só esperando homologação. Em 2010, ao ser efetivado como Secretário Municipal de Cultura, iniciamos uma nova fase na gestão cultural do município. Elaboramos e fomos contemplados com três projetos de fomento cultural: Apoio a formação do grupo de tambor de crioula infantil no povoado Miranda, Oficina de confecção de vestuário do bumba meu boi realizado na sede do bumba meu boi união São João e a realização do I encontro de tambor de crioula de Rosário que reuniu dez municípios, realizamos oficinas de danças populares, confecção e manipulação de bonecos, contação de estórias, realizamos oficinas de elaboração de projetos o intuito de capacitar produtores culturais a buscar recursos para suas entidades e/ou manifestações culturais.  Incluímos Rosário pela primeira vez no circuito da Semana Maranhense de Teatro. Conseguimos realizar os grandes eventos como período junino e carnavalesco e hoje Rosário já é rota turística nestes períodos. Fizemos o registro fonográfico do Divino Espirito Santo e distribuímos a todas as escolas do munícipio este CD, onde valorizamos as caixeiras e pagadores de promessas em louvor ao Espirito Santo. Estivemos a frente em diversos momentos da vida cultural de Rosário, participando de congresso, conferências, audiências levando o nome e história da nossa cidade. Mas, o que me orgulha sobremaneira foram as ações de buscar incluir rosário no Sistema Nacional de Cultura; realizamos a I conferência municipal de Cultura, criamos o Conselho Municipal de Cultura, elaboramos o Plano Municipal de Cultura e o Fundo Municipal de Cultura ainda em tramitação na Câmara Municipal, isto significa que deixaremos a Secretaria Municipal de Cultura habilitada a receber recursos fundo a fundo, diretamente do governo federal. Buscamos incluir Rosário na rota do CineSesi Cultural, Festival de Música Barroca, Semana Maranhense de Teatro que fizeram a cidade respirar novas formas de ver cultura, pois, entendemos que abrangência cultural se fez presente durante nossa gestão. Agradeço aos que acreditaram em mim.

Porém, apesar de todos estes feitos, muito há que fazer, precisamos fortalecer as comunidades remanescentes de quilombo, comunidades ribeirinhas e os assentamentos populacionais, pois, estes na sua grande maioria são oriundos de outras regiões e por isso não criaram ainda uma identidade cultural. Precisamos fortalecer o potencial turístico do município com suas grutas, rios, eco turismo, trilhas entre outros caminhos da nossa bonita cidade.



A manutenção da cultura se dá através da transferência de conhecimento, por isso apoiamos a criação do Crioulinha do Povoado Miranda

PALESTRA NO I ENCONTRO DE TAMBOR DE CRIOULA





A antropóloga Isaurina do IPHAN e o diretor do centro de cultura popular domingos viera filho no i encontro de tambor de crioula


I ENCONTRO DE TAMBOR DE CRIOULA DE ROSARIO


OFICINA DE BORDADO EM MIÇANÇAS,CANUTILHO


SÃO JOÃO



Valorizando a nossa gente, nos identificando.




Carnaval na Praça da Matriz




Com a superintendente do Iphan Srª Katia Bogea no Forte





Com a equipe do Iphan em visita aos prédios da antiga REFESA




Rosário na Feira Maranhense de Turismo





Sr. Raimundão da Comunidade remanescente de quilombola de Paissandu e Reforma, onde sistematizamos o auto reconhecimento de Comunidade Quilombola.





Oficina de confecção e manipulação de bonecos







Oficina de contação de estórias





Oficina de percussão: ritmos maranhenses.




Apresentação do resultado das oficinas













Oficina de interpretação teatral.





SEMANA MARANHENSE DE TEATRO






ATORES PASEANDO PELA CIDADE




Três noites no mundo do cinema com o CINESESI CULTURAL








Trabalho reconhecido: recebendo certificado da Polícia Militar.






Fórum para elaboração do Plano Municipal de Cultura.




Delegados à Conferencia Estadual de Cultura





Músicos da Universidade Fluminense transforma em uma noite de magica e encantamento com o Festival de Música Barroca.





Registro fonográfico da memória cultural do Divino Espírito Santo de Rosário.








, , ,

5 comentários :

  1. Parabéns Euvaldo você se sobressaiu e fez um belo trabalho.

    ResponderExcluir
  2. Verdade foi um trabalho bonito e exemplar.

    ResponderExcluir
  3. Quero aqui parabenizar o esforço e o resultado do trabalho de Euvaldo; esse incansável entusiasta da cultura rosariense. O seu afinco em resgatar e preservar a nossa cultura popular é de um valor inestimável e digno de todas as homenagens.
    Euvaldo, parabéns e um grande abraço do amigo,
    Ulcilas Neto

    ResponderExcluir
  4. Ô balancê, balancê, quero brincar com você. Entrar na roda pra ver essa coisa não perecer. Ao som de tambores e atabaques, que eu quero é pungar. Quem sabe assistir um filme na praça, que é onde o povo deve estar. Quem sabe, passear na estação, comprar uma bilha d'água, pra lembrar do tempo bão. Eta, Rosário, de tanto fazer, a espera de balancês.

    ResponderExcluir
  5. Querido, apesar da distância, sempre acompanhei seu trabalho, pois acredito no seu talento e empenho, sobretudo quando o assunto é cultura. Minhas sinceras felicitações, amigo Euvaldo. Espero ir por ai, ainda este ano e então discutiremos pessoalmente.
    Grande abraço,

    Aldo.

    ResponderExcluir

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Recent comments

Social

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo