Facebook

Gadgets

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Beneficiária devolve cartão do Bolsa Família espontaneamente após ter se aposentado

Renato Viana Waquim     abril 25, 2013  Sem Comentários


Foi uma cena singular Dona Adelaide Moreira da Silva, 65 anos, moradora do São Cristovão, dirigiu-se à Secretaria da Criança e Assistência Social (Semcas) para pedir o cancelamento do seu benefício do Programa Bolsa Família, após começar a receber sua aposentadoria, também paga pelo Governo Federal.

A atitude da trabalhadora autônoma, de não acumular benefícios governamentais, surpreendeu funcionários da secretaria, por tratar-se de um caso raro, e que serve de exemplo. O sentimento de coletividade parece ter sido o que inspirou Adelaide Moreira.

“O dinheiro do Bolsa Família era usado para botar comida em casa e suprimiu minhas necessidades quando eu mais precisei. Não seria justo eu ficar com algo na minha mão que vai servir para ajudar quem não tem”, disse a beneficiária.

A superintendente de Transferência de Renda e Cidadania da Semcas, Daniela Vieira, traduziu o sentimento dos funcionários da Secretaria. “Ficamos admiradas, positivamente, com a atitude nobre de dona Adelaide. Apesar de não possuir um padrão de vida confortável, entende que hoje, estando aposentada, sua vida está melhor do que a de muitas famílias ludovicenses, que passam por situação de extrema pobreza”, destacou.

Daniela Vieira também disse que é importante ressaltar, para todos os beneficiários em situação semelhante, que a usuária deixará de receber apenas um dos benefícios do Governo Federal, no caso o Bolsa Família. Os demais ainda poderão ser acessados através do Número de Identificação do Trabalhador (NIS), a exemplo da tarifa social de energia elétrica.


HISTÓRIA DE VIDA

Ainda jovem, Adelaide Moreira saiu de Teresina (PI) com o marido e os nove filhos para tentar a vida na capital maranhense. Depois da morte do companheiro, criou os filhos sozinha. “Eu não tinha mais casa no Piauí, não tinha para onde voltar. Comecei a vender coisas e trabalhar em cozinha. O Bolsa Família completava minha renda”, explicou.

Em setembro do ano passado, ela se aposentou. Naquele momento, uma funcionária do INSS falou que o benefício do Bolsa Família seria cancelado automaticamente. Como percebeu que o benefício continuava sendocreditado, dona Adelaide se dirigiu à Semcas, órgão responsável pela administração do Programa em São Luís, para informar que não poderia mais ficar com o dinheiro.
Ela louva as iniciativas do Governo Federal. “Temos sorte de morar numa nação que o governo olha para essa população carente. Algumas pessoas reclamam porque acham pouco. Eu sou agradecida, esse pouco me ajudou muito”, elogiou.

Para quem já recebe outros benefícios governamentais ou já tem outra renda e continua acumulando com o Bolsa Família, dona Adelaide Moreira manda um recado. “Pense no próximo, pois assim como o benefício contribuiu com a sua sobrevivência, pode ajudar outras pessoas mais necessitadas”, finalizou.

,

0 comentários :

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Recent comments

Social

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo