Facebook

sábado, 7 de julho de 2012

Duplicação da BR-135 é adiado para começar ainda no mês de Agosto

Renato Viana Waquim     julho 07, 2012  Sem Comentários

Não foi no mês de Junho e não será em Julho, ficou para Agosto e dessa vez a desculpa são as chuvas que nem tem sido intensas como de costume. Consórcio formado pelas empresas Serveng e Terpa foram habilitados. Próximo passo será tomada de preços e logo após, o início das obras.


O processo de licitação da BR-135 está suspenso, mas, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura em Transportes (Dnit/MA), é temporário e as obras devem iniciar ainda em Agosto. A suspensão, segundo o Dnit-MA, foi determinada pela Superintendência Nacional do Dnit para reavaliação das documentações enviadas pelas empresas habilitadas na primeira etapa do processo de licitação. A sede estadual aguarda o retorno da sede nacional para prosseguir com o processo, que entrará na última etapa - de tomada de preços. A BR-135 é chamada de 'corredor da morte' pelo alto número de acidentes fatais ali ocorridos, em sua maioria, segundo o Dnit-MA, por imprudência dos condutores.

O superintende do Dnit-MA, Gerardo Fernandes, explicou que a licitação segue duas etapas. A fase de habilitação das empresas foi concluída no estado. Dois consórcios e uma empresa concorreram e se habilitou o consórcio formado pelas empresas Serveng e Terpa. Durante o processo foi comprovada a regularidade financeira e administrativa das empresas e também a confirmação de que atuaram em obra igual ou semelhante a ser desempenhada na BR 135. "Comprovamos a habilitação técnica do consórcio e aguardamos para prosseguir com a abertura dos valores", explicou Fernandes.

Na etapa de avaliação dos preços, o Dnit espera que seja oferecido valor bem abaixo ao orçamento previsto pelo órgão, que é de R$ 360 milhões. Fechada esta etapa, são aguardados cinco dias úteis para possíveis recorrências, após, é feita a homologação e iniciado o contrato. Caso o envio da avaliação feita pela sede nacional seja enviado até o dia 15, o processo licitatório será retomado e as obras poderão iniciar em agosto, enfatizou o superintendente regional do Dnit. Todo o trabalho será concluído no período de dois anos.

A obra trará impacto na movimentação da via, lembra o Dnit-MA. Além de sua utilização para o fluxo, que será disciplinado no período, haverá ainda pista dividida para o transporte de material, o Dnit prepara um planejamento das várias paralisações que precisarão ser feitas no trânsito do local na ocasião. As obras estavam previstas para iniciar em agosto de 2011 e foi adiada por três vezes: junho, julho e agora, agosto, deste ano. A reportagem procurou o Dnit nacional que informou, por meio de assessoria, que a obra foi suspensa por determinação do Ministro dos Transportes e que o órgão aguarda nova determinação sobre sua continuidade. A reportagem procurou também o Ministério dos Transportes, mas, até o fechamento desta edição não recebeu a demanda.

Duplicação

A duplicação consiste de três etapas. O primeiro lote vai reformar o trecho de Estiva ao entroncamento com Bacabeira, cerca de 26,30km. O segundo parte de Bacabeira a Outeiro passando pela BR 222, num total de 44,30km. Por fim, o trecho de Outeiro (entrada de Itapecuru) até Miranda do Norte, mais 32,15km de obras, totalizando pouco mais de 100km de nova via. A duplicação vai alargar a via atual e construir nova pista à direita. Será construída ainda uma plataforma de deslocamento para a ferrovia e renovado toda o asfalto do trecho recuperado na BR 135. A nova via servirá a quem sai da capital e a atual, ficará para o tráfego de quem chega: duas pistas de mão única para ir e vir, cada.

Com a duplicação, o Dnit-MA espera reduzir o número de acidentes, a maior parte causada por imprudência. Os condutores costumam fazer retorno proibido na via e acabam causando acidentes, em sua maioria, fatais. No trecho faltam sinalização e acostamento, que também contribuem para o índice de acidentes. De janeiro a maio deste ano, por exemplo, foram registrados 490 acidente, sendo 20 com mortes. Em feriados prolongados a situação piora, pois cresce o fluxo de veículos na BR-135. Após a reforma, programas de conscientização, já em planejamento pelo Dnit junto aos órgãos referentes serão desenvolvidos. Na BR 135 circulam em média 700 carros/hora chegando a 1.500 carros/hora em dias de grande movimentação, a exemplo de feriados prolongados.

,

0 comentários :

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Compartilhar

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo