Facebook

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Ambientalista Douglas Senna ignora Prefeitura e continua crimes ambientais no Riacho do Camarão

Renato Waquim (Rosário Notícias)     fevereiro 14, 2011  4 Comentários



O Riacho do Camarão está sofrendo crimes ambientais. Fiscais da Prefeitura analisaram a área e constataram que o problema vem de resíduos de construção civil realizada pelo Sr. Douglas Senna.


Da Redação.


Rosário-MA: O Riacho do Camarão (também chamado de preacaú) vem sofrendo com a poluição, desmatamento (corte ilegal e queimadas de suas matas ciliares), assoreamento, criação de um pequeno Lixão e agora com o aterramento por resíduos de construção civil. A vítima passa na entrada da cidade cortando a BR-402 e é usado por algumas comunidades.

O crime ambiental está incomodando os moradores da região que fizeram denúncias à Secretaria Municipal Extraordinária de Juventude e Meio Ambiente (SEJMA). O órgão vem enviando fiscais às margens do riacho para verificar o problema e tomar as medidas cabíveis..

Na área, os fiscais constataram ainda em Dezembro de 2010 as irregularidades. Boa parte do Riacho existente está sendo aterrado, desmatado e até um muro e cerca estão sendo construídos sem nenhuma autorização, cercando o local, em alguns pontos a menos de cinco e doze metros do leito do Riacho.


Até o secretário municipal extraordinário de Meio Ambiente Renato Waquim participa da fiscalização na região de mata ciliar.

Área de preservação

De acordo com a Resolução Conama n°303/2002, o local se enquadra como uma Área de Proteção Permanente (APP) e não pode ser aterrado ou edificado. Já a construção do muro fere a Lei Federal n° 4.771/65, que institui o Código Florestal. Segundo o Art. 2° da Lei, o muro deveria estar a uma distância mínima de 30 metros do leito do curso de água (Riacho).


Providências

Depois de macrozonear e identificar a área degradada, a SEJMA, identificou o proprietário do terreno que está cometendo os crimes ambientais como Sr. Douglas Domingues de Senna Alves, empresário, professor, ex-secretário municipal de Saúde de Rosário, membro de um comitê de políticos de oposição contra a implantação da Central de Tratamento de Resíduos de Rosário e ambientalista desde o final de 2010. Ao ser identificado, o mesmo foi notificado e sua obra embargada pela Prefeitura. Porém como é de conhecimento geral por questões políticas não está respeitando a decisão e até o muro continua a ser construído. Por conta disso no último mês de Janeiro a SEJMA encaminhou o caso a Procuradoria do Município que está acionando a Justiça para tentar impedir os crimes contra o Meio Ambiente no Riacho do Camarão.

As denuncias relacionadas a práticas de degradação ambiental podem ser feitas na própria sede da SEJMA, na Rua Heráclito Nina, Centro, S/N ou pelo e-mail: sejma_prefeituraderosario@hotmail.com.









, , ,

4 comentários :

  1. Então é pra isso que serve o tal comitê de derrotados? Que vergonha Douglas!!!!

    ResponderExcluir
  2. Esses políticos ambientalistas de Rosário não enganam ninguém galera.

    ResponderExcluir
  3. Esses "ambientalistas" de meia-tijela não valem uma nota de três reais!

    ResponderExcluir
  4. Quem ti viu e quem ti ver Douglas Senna.

    ResponderExcluir

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Compartilhar

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo