Facebook

Gadgets

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Duplicação da BR-135 deve ser concluída até este semestre

Renato Viana Waquim     janeiro 24, 2011  Sem Comentários

Foto - Euvaldo de Jesus


Com um ano e meio de atraso, as obras de duplicação da BR-135 tem início previsto para o final deste semestre.


Por Ronald Robson (Colaboração)


Elaborado no primeiro semestre de 2009, o projeto de duplicação da BR-135 (da Estiva ao município de Miranda), embora aprovado, no momento tem os termos de sua licitação revistos pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Assim, se não houver outra protelação, o primeiro lote de obras (trecho que vai de São Luís a Bacabeira) será iniciado ao fim do primeiro semestre deste ano. Todavia, tais obras se realizariam já com um ano e meio de atraso, já que a data estimada para início dos trabalhos, a princípio, era janeiro de 2010. Enquanto isso, o período chuvoso aumenta os riscos de acidentes de trânsito na BR mais perigosa a cruzar o Maranhão.

As condições de visibilidade da BR-135 sob chuva são mínimas, sobretudo em extensões como o que vai da Estiva a Campo de Perizes. Em determinados pontos, o acúmulo de água sobre o asfalto torna proibitivo o fluxo até mesmo à velocidade de 40 km/h, dado o fato de que veículos de maior porte, ao cruzarem com menores, espalham grande quantidade de água sobre os últimos, tornando opaca a visão de seus condutores. As únicas sinalizações existentes são informes de que determinado trecho – próximo a Campo de Perizes – apresenta alto índice de acidentes. Fiscalização permanente e sinalizações emergenciais quanto a velocidade (por exemplo, que diminuísse a máxima de 80 km/h para 60 km/h) estão ausentes em tal extensão da BR.


Sinal de alerta

De acordo com José Orlando Sá de Araújo, chefe do Serviço de Engenharia do Dnit no Maranhão, o número de acidentes ao longo da BR-135 já diminuiu após a fixação de placas que sinalizem tratar-se de área perigosa, desde o segundo semestre de 2010. Todavia, faz ponderações. “É necessário lembrar que a grande maioria dos acidentes na estrada decorre de infrações do motorista, que muitas vezes não tem prudência e tenta, por exemplo, fazer uma ultrapassagem em lugar proibido”, afirma Sá de Araújo. Ainda segundo ele, o prazo de execução das obras na BR é de dois anos.


Pilares essências

A duplicação da BR-135 atende à necessidade de ventilar o tráfego por vezes conturbado na via (sobretudo em feriados), motivo contínuo de acidentes de trânsito. Com a duplicação, será estabelecido um canteiro central, o qual dividirá as duas mãos que, assim, passarão a ter, cada, duas pistas.

, ,

0 comentários :

Blog de Notícias de Rosário e Região


Os comentários não representam a opinião deste blog, a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

Recent comments

Social

Recent Comments

Apagar

Últimas postagens

Deixe o seu recado

Advertise Here

Photography

Destaques

Gallery

RN no Facebook

About Us

Tempo